Aport Educaional

Empreendedorismo e medicina veterinária: tenha o seu próprio negócio

Ter o próprio negócio é uma alternativa para quem deseja mudar de vida ou sair do trabalho “convencional”. Em medicina veterinária, como em muitas outras áreas, é possível ser um trabalhador autônomo e criar a sua própria empresa.  Segundo uma pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), com apoio do IBQP, do SEBRAE e da UFPR, o Brasil chegou a 38% na TTE (Taxa de Empreendedorismo Total) há poucos anos. Isso significa que cerca de 52 milhões da população adulta possui algum tipo de atividade empreendedora no mercado brasileiro, o que é um número consideravelmente alto.

empreendedorismo na medicina veterinaria
Seja um médico veterinário empreendedor | Foto: Priscilla Du Preez

Curso de medicina veterinária

O curso de Medicina Veterinária é do tipo bacharelado e dura normalmente cinco anos. A graduação, além de oferecer matérias teóricas, apresenta muitas disciplinas práticas em laboratórios, hospitais veterinários e a necessidade de cumprimento do estágio, que é obrigatório.

O médico veterinário estuda para trabalhar na prevenção, controle, erradicação e tratamento de doenças em animais, além de poder pesquisar e tratar doenças transmitidas pelos animais aos seres humanos, fiscalizar e controlar a qualidade de produtos de origem animal, entre tantos outros segmentos. De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), são mais de 80 opções de atuação, ou seja, é muito difícil que falte emprego na área.

A profissão de médico veterinário foi regulamentada em 1968, ou seja, é obrigatório ter o diploma de nível superior em curso de Medicina Veterinária reconhecido pelo MEC e registro no Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV) do estado onde atua para ser empregado em instituições privadas. Outra opção é está no âmbito acadêmico: ser professor ou pesquisador em universidades, ou prestar concurso para órgãos públicos.

Como empreender em medicina veterinária

Entretanto, se nenhuma das alternativas acima te satisfaz, fique tranquilo: o veterinário pode atuar como profissional liberal, ao criar e manter a sua própria clínica ou hospital veterinário, Pet Shop e hotelzinho. Lá, ele poderá contar com a ajuda de outros profissionais da área ou desenvolver todos os atendimentos por conta própria. Outra opção é trabalhar com estudos ou pesquisas sobre aprimoramento genético, um tema em bastante expansão devido à tecnologia.

Desenvolver medicamentos na indústria farmacêutica, ser responsável técnico em indústrias de alimentos de origem animal e produtos veterinários, trabalhar em fazendas ou em órgãos fiscalizadores como a Anvisa também faz parte dos planos de alguns estudantes de Medicina Veterinária. Quando você se formar, poderá trabalhar também em:

●      Defesa e fiscalização sanitária

●      Desenvolvimento de medicamentos e outros produtos para uso animal

●      Inspeção e segurança alimentar

●      Laboratórios veterinários de análise e diagnóstico.

Além disso, não são somente gatos e cachorros que precisam de cuidados veterinários. O tratamento de animais de grande porte e de animais silvestres e exóticos também é bastante solicitado. Os zoológicos também necessitam de pessoas especializadas para fazerem parte da equipe.

Mercado pet na pandemia

A remuneração mínima que um veterinário pode receber está vinculada ao salário mínimo vigente do país em questão e depende da jornada de trabalho do dia. Com seis horas de trabalho, é possível garantir 6 salários mínimos. Com 7 horas, 7.25 salários mínimos. Com 8 horas, 8.5 salários mínimos. Claro, a depender do local e dos contratantes.

Ainda é importante destacar que o mercado pet cresce muito, mesmo em tempos de pandemia. As pessoas estão enxergando o animal de estimação como uma boa companhia, capaz de deixar a rotina da casa mais alegre e menos estressante com tanta ansiedade ocasionada pelo isolamento social. 

Aport Educacional

O curso de graduação em medicina veterinária oferecido pela Aport Educacional é referência no mercado. A empresa de educação está localizada no Rio de Janeiro e oferece um ensino semipresencial de qualidade com preço justo.

É importante destacar ainda que EAD não é a mesma coisa que híbrido (ou semipresencial). No semipresencial, são oferecidas aulas teóricas on-line e aulas práticas presenciais, o que proporciona uma experiência e um aprendizado mais enriquecedores ao aluno que resolve se matricular.

Se você deseja empreender no ramo e fazer o Curso de Medicina Veterinária, a Aport Educacional é a melhor opção. Especialista em educação e soluções inovadoras, oferece a estrutura ideal para o aprendizado prático do estudante.

E o melhor de tudo: conta com uma clínica de medicina veterinária própria e totalmente disponível para ser utilizada nas aulas, estudos, treinamentos, estágios e atendimentos dos alunos. Imagina só, estudar e trabalhar em um só lugar. Incrível, certo? Não deixe de conferir as oportunidades clicando aqui!

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp

Aport Educacional é uma empresa de educação especializada em ensino ancorada em soluções inovadoras. Nossa empresa oferta cursos de qualidade de graduação e pós-graduação, além de cursos técnicos.

Posts populares

Leia também

Utilizamos cookies para oferecer a melhor experiência para você. Ao utilizar este site, você concorda com o uso destes cookies.